Santo Agostinho

“Dignou-se partilhar nossa mortalidade, para que nós pudéssemos participar de sua divindade, fazendo-se partícipe com muitos na morte, nos fez a todos partícipes de sua vida”. (inps 118, 19, 6)

Para ver o Dialogando clique na revista

 

Dizimistas Aniversariantes do mês de Março:

Ana Maria Kimaid

Josana Teresa Arraes Nunes

Josineide Maria de Oliveira Freire

Maria do Carmo de Jesus Carvalho

Maria Edvania Irineu

Maria José Baltar Jorge Moreira

Maria José Nosetti

Maria Regina Blaker Piler

Maria Velma Doria Vieira

Matilde Tedesco Dardengo

Sebastião Vieira

Zuleide de Souza Lima


Início Projeto Objetivo
Objetivo PDF Print Email

“Ide pelo mundo inteiro e pregai o Evangelho”. Por vontade de Jesus, a Igreja deve continuar a sua obra na terra sendo o Sacramento Universal da Salvação. Evangelizar é levar a Boa Nova de Jesus a toda humanidade, esta é a missão própria e fundamental da Igreja.

Para a eficácia dessa missão, Jesus envia o Espírito Santo que impele os corações e unifica as almas e os pensamentos na alegria e na realidade de todos os batizados participarem da Missão do redentor.

- Quão formosos sobre os montes! São os pés do que anuncia e prega a paz.

- Ide pelo mundo inteiro! E pregai o Evangelho

- Eis-me aqui, Senhor! Envia-me!

Oração: Senhor Jesus, Bom Pastor e Irmão nosso, vieste habitar no meio de nós, trazendo vida e esperança, neste mundo, Casa de Todos. Concedei-nos sob a proteção de Maria, que vosso Espírito Santo dê novo ardor missionário à Igreja para anunciar o Evangelho a todas as culturas. Aumentai as vocações, a fim de que não faltem evangelizadores para a missão, aqui e além-fronteiras. Amém.

  1. 1. Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja do Brasil

EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo e na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária e profética, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida, rumo ao Reino definitivo.

 

Esse objetivo está dividido em duas partes: O quê? E para quê? Poderíamos resumi-lo da seguinte forma, respondendo a estas duas perguntas: Evangelizar para que todas as pessoas tenham vida. Essa é a boa noticia que a Igreja deve anunciar a todas as criaturas.

As atuais Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora apontam para o compromisso evangelizador da Igreja no Brasil para o início da segunda década do século XXI. Manifestam, através das cinco urgências, o caminho discernido, à luz do Espírito Santo, como resposta a este tempo de profundas transformações. Em continuidade com as orientações de toda a Igreja, elas assumem o mais profundo espírito do Concílio Vaticano II e acolhem, de modo especial, as Conclusões da Conferência de Aparecida (139).

Assim, voltados para o Senhor, as Diretrizes Evangelizadoras da Igreja do Brasil não tiram os pés do chão da realidade. Identificam as urgências e propõem caminhos para seu enfrentamento e indicam as maneiras para que sejam concretizadas nos planejamentos das Igrejas particulares. São cinco as urgências apontadas:

  1. 1. Igreja em estado permanente de missão;
  2. 2. Igreja: casa da iniciação cristã;
  3. 3. Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral;
  4. 4. Igreja: comunidade de comunidades;
  5. 5. Igreja a serviço da vida plena para todos.

 

A Igreja no Brasil, fiel a Jesus Cristo, missionário do Pai, acolhendo a voz do Espírito, reafirma a importância de conhecer a realidade e de traçar metas específicas para a ação evangelizadora.

A Igreja no Brasil clama pela superação de uma fé restrita a práticas religiosas fragmentadas, feita de adesões parciais e participação ocasional. As DGAE podem ajudar a superar “o medíocre pragmatismo da vida cotidiana da Igreja, no qual, aparentemente, tudo procede com normalidade, mas, na verdade, a fé vai se desgastando e degenerando em mesquinhez”.

 

  • Ø PARTIR DE JESUS CRISTO

Não há como planejar a ação pastoral, sem antes pararmos e nos colocarmos diante de Jesus Cristo, pois toda ação eclesial se volta para Ele e para o Reino do Pai. Nosso olhar, nosso ser e agir cristão precisam ser reflexos do seguimento de Jesus. É Ele quem nos chamou e vinculou ao Reino de Deus, por Ele instaurado e comunicado.

Através de nós, Jesus precisa ir a outros locais para anunciar e estabelecer o Reino, a graça, a justiça e a reconciliação. Ele se preocupa com as ovelhas que não fazem parte do rebanho. Entretanto, seu desejo de salvação não é simplesmente aguardar os que O buscam. É contínuo o convite aos discípulos missionários e, por meio deles, a toda os homens para segui-lo.

A missão, antes de ser um dever, é um dom. À semelhança de Jesus, é sair de si, é ir ao encontro dos outros, sem esperar nada em troca. É gratuidade, pois a vida só se ganha na entrega, na doação, superando toda atitude mercantilista. Consequentemente, a missão não tem destinatários, mas interlocutores. Só é autêntica em uma relação de alteridade, na acolhida das diferenças, no respeito mútuo, no encontro, no diálogo, na partilha, no intercâmbio de vida e na solidariedade.

O seguimento de Jesus e a missão só se dão no seio de uma comunidade de fé, na Igreja. O discípulo missionário é continuamente conclamado a reunir-se na fraternidade, a acolher a Palavra, a celebrar os sacramentos e sair em missão. No mistério do Deus-comunhão, o discípulo missionário é sempre um irmão entre irmãos. Não há verdadeiro cristão sem Igreja, pois é a Igreja que é missionária e quem envia missionários.

1.1. Prioridades Pastorais da Arquidiocese de Rio de Janeiro

  1. I.            O anúncio de Jesus Cristo e a Iniciação Cristã: Dedicação no ano de 2012 à Iniciação cristã em toda a Arquidiocese do Rio de Janeiro. Será, de algum modo, o Ano de Jesus Cristo, isto é o ano que dedicaremos, dentro do 11º PPC, ao estudo com afinco ainda maior, à iniciação cristã, seu significado, sua terminologia, caminhos para  implantação e material a ser utilizado.

A responsabilidade caberá á Comissão Arquidiocesana de IC, supervisionada pela Coordenação Arquidiocesana de Pastoral.

  1. II.            A Palavra de Deus: Lugar privilegiado para o encontro com Jesus Cristo: É prioridade o fortalecimento da equipe arquidiocesana dos Círculos Bíblico, investimento da metodologia da Leitura Orante com cursos e material acessíveis e uma celebração ainda mais intensa da Palavra de Deus no mês da Bíblia.
  2. III.            Numa Rede Comunidades: Dedicação no ano de 2013 à Rede de Comunidades e a JMJ em toda a Arquidiocese do Rio de Janeiro. Será o Ano da Igreja, ou seja, uma Igreja Comunidades de Comunidades.
  3. IV.            Numa Rede de Serviços e Ministérios: É prioridade a continuidade dos Meces e Ministros da Consolação e Esperança, bem como Acolhimento, Visitação como animadores de comunidades.
  4. V.            Em Permanente estado de missão: É prioridade a urgência na descentralização pastoral e a criação/fortalecimento dos ministérios. Realização em 2013 de um período arquidiocesano de viditas não apenas às residências, mas também locais de trabalho, estudo, etc.
  5. VI.            A serviço da vida em todas as suas instâncias: Dedicação no ano de 2014 à reflexão sobre a responsabilidade cristã em favor da vida em toda a Arquidiocese do Rio de Janeiro. Será o Ano da Caridade Social.
  6. Juventude - um Destaque especial: Continuidade do proposto para a juventude no 10ºPPC. Acentuar que o ano de 2012 efetuaremos uma intensa preparação para a JMJ  e que em 2013 toda a Arquidiocese é convocada a servir, incentivar e promover o encontro do Papa com a juventude.
  7. Falha na Comunicação: É prioridade o fortalecimento da Pascom como instrumento fundamental para a comunicação Arquidiocesana.

 

  1. 2. Objetivo Geral da Paróquia.

E nós como Igreja local do Leblon, o que temos a dizer? Qual é nossa ação evangelizadora? Quais são as nossas prioridades?

2.1. Objetivo

Trabalhar intensamente na evangelização seguindo as orientações da CNBB e observando as prioridades de nossa Arquidiocese de Rio de Janeiro. Optamos pela Juventude; com eles chegaremos à Família.

Criar espaços e momentos de comunhão e comunicação entre os grupos da paróquia visando especialmente a união entre todos. Optamos pela encarnação da mensagem de Cristo como estimulo para nossa conversão pastoral, comunitária e individual.

2.2. Prioridades

  1. 1. Evangelização: atitude em permanente estado de missão
  2. 2. Juventude: Realizar um caminho de evangelização da juventude, no Brasil, que garanta – antes, durante e depois da JMJ – um processo de formação de jovens apaixonados, discípulos missionários de Jesus Cristo, membros da Igreja e participantes da construção da Civilização do Amor em nossa sociedade.
  3. 3. Comunhão e Comunicação: fortalecer e promover os vínculos fraternos entre os grupos da igreja.

  1. 3. O Conselho de Pastoral

O Conselho de Pastoral Paroquial é um órgão consultivo do pároco para o exercício de sua função. Os membros devem sentir-se protagonistas da vida da paróquia estimulando a todos a alcançar os objetivos e as prioridades.

v Haverá uma reunião mensal para poder acompanhar o movimento da paróquia.

v As pastorais e movimentos serão divididos em grupos ou dimensões e escolherão 2 representantes. Os representantes e membros do Conselho devem saber que falam em nome do grupo e não pessoalmente.

 

 


 

27/03- 2ª FEIRA

MISSA EM HONRA A SANTA MÔNICA

17h30min

 

28/03 - 3ª FEIRA

OFICINA DE ORAÇÃO E VIDA

14h30min, maiores informações na secretaria paroquial

ESCOLA DE FÉ E CATEQUESE LUMEN CRHISTI

19h

MISSA EM HONRA A SANTO AGOSTINHO

17h30min

 

 

30/03 - 5ª FEIRA

AOS TEUS PÉS SENHOR

Adoração ao Santíssimo Sacramento - 19h30min

 

31/03 -6ª FEIRA

VIA -SACRA

16h30min

 

02/04 - DOMINGO

DOMINGO DO PÃO

Lembremo-nos de trazer os mantimentos para os mais pobres de nossa comunidade.

 

Catequese Paroquial

Inscrições e Reuniões: quartas -feiras às 18h30min e Domingos às 8h30min no Pátio do Colégio Santo Agostinho

ou após da missa das 10h.

 

  • Novo horário das missas dominicais:
  • 8, 10, 11:30, 17,18:30 e 20 hs.

Foi suprimida as missas das 7 e 8:30 e acrescentada a missa das 8h.

 

CURSOS DE NOIVOS 2016

DATAS:

12 de março

04 de junho

INSCRIÇÕES: http://cursodenoivospsm.com.br

 

CURSO DE BATISMO

Encontro de preparação para o batismo

Realizado na 2ª e 4ª quinta- feira do mês na capela da paroquia às 20h

Inncrições gratuitas na secretaria paroquial

PRÓXIMAS DATAS:

06 e 20 de abril